Após denúncias do Fantástico, Ministério Público vai investigar ex-prefeitos de Juazeirinho e Alhand

Por orientação da Comissão de Responsabilidade e à Improbidade Administrativa (Ccrimp), do Ministério Público Estadual, os promotores começaram, ontem, a apurar as denúncias veiculadas, no último domingo, no programa Fantástico, da Rede Globo/TVs Cabo Branco e Paraíba, de que os ex-prefeitos Bevilacqua Matias (Juazeirinho) e Renato Mendes (Alhandra), que deixaram as cidades em condições precárias, com salários atrasados, sem móveis, sem computadores e até sem energia elétrica na sede do Poder Executivo.

O promotor Rodrigues Pires, da Ccrimp, explicou que a comissão só apura denúncias contra prefeitos que respondem a processos diretamente no Tribunal de Justiça. No caso de ex-prefeitos, as investigações são feitas pelos promotores dos municípios e as ações são ajuizadas perante aos juízes locais. Todavia, ele já conversou com promotor de Juazeirinho, Pedro Alves da Nóbrega, e repassou algumas informações. “Conversei com o promotor e ele já iniciou as investigações”, disse Rodrigues. Em Alhandra, quem vai atuar no caso é a promotora Márcia Betania.

O caso mais grave é Juazeirinho, e o MP deverá ajuizar uma ação civil pública de improbidade administrativa contra o ex-prefeito Bevilacqua Matias (PRB). “Não vemos a saúde, não vemos a segurança, a educação; não vemos funcionar da maneira que é pra funcionar. O município de Juazeirinho está entre aqueles que hoje estão sofrendo com esse problema da seca e não há a assistência necessária pra suprir essa falta. Não é suprido. Por quê? Por causa de desmandos com dinheiro público”, afirmou o promotor Pedro Alves.

JP

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *