Cícero deixa vida pública e ironiza sugestão de Ruy para concorrer em 2016

cicero14012015.jpg
Ex-prefeito de João Pessoa e ex-governador do Estado, Cícero Lucena (PSDB) termina no próximo dia 31 de janeiro o mandato de oito anos no Senado Federal e se despede de 25 anos de vida política. Com “sentimento de gratidão e de missão cumprida”, ele confirmou que se dedicará apenas à iniciativa privada. “Estou me desligando do processo político. Vou ser um cidadão comum. Trabalharei na iniciativa privada”, declarou.

“Eu considero que é uma etapa da minha vida que foi vivida com intensidade por 25 anos. Missão comprida. Despeço-me com um sentimento de muita gratidão com os que colaboraram comigo e aos eleitores, na maioria anônimos, que sempre mostraram confiança nas minhas propostas”, analisou.

O senador evitou polemizar o processo eleitoral do ano passado, em que foi preterido pelo PSDB e não pôde concorrer a reeleição para dar espaço ao então candidato Wilson Santiago (PTB) na chapa do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), que concorreu a governador. “Costumo olhar para frente”, destacou. Ele acrescentou que após o pleito não foi procurado por Cássio Cunha Lima e nem pelo presidente estadual do PSDB na Paraíba, deputado federal Ruy Carneiro.

Já em processo de desligamento da rotina partidária, o senador não participou da última reunião do PSDB realizada nessa segunda-feira (12), em João Pessoa. “Nem soube, nem li nada sobre”, afirmou. Ele também não descartou se desfiliar da legenda.

Na semana passada Ruy Carneiro destacou o senador como um nome forte para a disputa para prefeito de João Pessoa em 2016. Sobre a declaração, ele comentou em tom irônico: “Prefiro dizer que ele [Ruy Carneiro] é o candidato. Ele terá o mesmo apoio que me deu o ano passado. Ele é o nome para prefeito de João pessoa, ele é um líder”.

Mandato parlamentar

Depois de oito anos, o senador participou como titular ou suplente de 194 comissões ou subcomissões; representou o Senado Federal em 23 missões internacionais e 10 nacionais; apresentou 200 proposituras legislativas, entre elas duas propostas de emenda a Constituição e 49 projetos de lei; foi o relator de 498 matérias e fez 293 pronunciamentos na tribuna. Cícero Lucena também foi primeiro secretário da Casa na legislatura de 2010 a 2012.

Entre os trabalhos parlamentares ele destacou as propostas apresentadas por ele para a educação, a exemplo do ensino fundamental no período integral; padronização dos uniformes estudantis fornecidos pelo Poder Público; desoneração de softwares educacionais e livros eletrônicos; a distribuição de tablets para todos os estudantes carentes; valorização da fluência oral em disciplina de língua estrangeira; políticas de melhoria da alimentação oferecida pelas escolas; criação de institutos e centros federais de educação na Paraíba; reserva de vagas e bônus no processo seletivo de vestibular para estudantes carentes; entre outros.

Na área da saúde, ele ressaltou as propostas para assegurar o fornecimento de medicamento de uso continuado aos pacientes; inclusão, no Programa Bolsa Família, de famílias cujos membros tenham sido acometidos por neoplasia maligna; regulamentação dos suplementos alimentares e nutricionais; desoneração dos medicamentos e equipamentos hospitalares adquiridos por órgãos públicos; entre outros.

Correio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *