Crise não afetará eleições na paraíba

d43b21470bb405e9625f849b6459589c.jpg

A crise financeira enfrentada pela sociedade brasileira não deve afetar a estrutura das eleições municipais este ano no Estado da Paraíba. A garantia foi dada ontem pelo presidente em exercício do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), desembargador José Aurélio da Cruz, durante entrevista ao Jornal Correio. E para garantir uma eleição tranquila nos 223 municípios o presidente reuniu ontem diretores do órgão para discutir o plano de comunicação das eleições 2016.

“Apesar da crise por que passa o país, não deveremos ter problemas na organização do processo eleitoral na Paraíba. Estamos trabalhando e vamos nos empenhar ao máximo para termos um pleito tranquilo em todos os municípios. Por isso já estamos iniciando nossas reuniões para discutir o plano de comunicação”, destacou o presidente.

José Aurélio da Cruz destacou ainda que o plano apresentado ontem é apenas um primeiro passo para a organização das eleições. Ele disse que a finalidade é manter informado todos os envolvidos no processo sobre a estratégia que será utilizada na organização do processo.

“As eleições municipais sempre são mais difíceis pelas particularidades de cada um dos 223 municípios. Por isso já estamos nos organizando para darmos as orientações aos chefes de cartórios e as pessoas que participarão diretamente do pleito, além de observarmos as zonas da biometria”, destacou o presidente.

Diante do desafio de comandar as eleições municipais este ano, o presidente disse que não teme e que está preparado, assim como todos os integrantes da Corte eleitoral. “Estamos preparados para as eleições municipais. Agora é o momento de organização e depois disso é só aguardar o micro-processo eleitoral para colocarmos em prática o que ficar decidido aqui”, disse.

Biometria na Paraíba

Nas eleições deste ano, mais 98 municípios trabalharão com o sistema biométrico, mas o TRE-PB garante que nas eleições de 2018 os eleitores dos 223 municípios paraibanos já votarão por meio da biometria. A garantia foi dada pelo coordenador de Eleições do Tribunal, Fábio Falcão.

“A ideia é que a gente já inicie logo após as eleições deste ano o processo de instalação da biometria no restante dos municípios e até as próximas eleições, a gente já tenha toda a Paraíba com biometria”, afirmou o coordenador.

Paraíba Informa / André Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *