Deputado quer prazo maior para agricultores pagarem dívidas

hugo-motta.jpg

O Deputado Federal Hugo Motta (PMDB/PB) recebeu em seu gabinete, nesta quarta-feira, 16, o Presidente da Federação de Agricultura da Paraíba, Mário Borba, e o vice-presidente da Associação dos Mutuários de Crédito Rural da Paraíba, Afonso Cartaxo, para discutir sobre os problemas enfrentados pelos pequenos produtores rurais decorrentes do alto endividamento junto ao Banco do Nordeste.

Hugo Motta destacou que a luta está sendo empreendida no sentido de prorrogar o prazo para pagamento das dívidas. “Os pequenos agricultores estão sofrendo com a seca e não possuem capacidade financeira de efetivar esse pagamento até o próximo dia 31 de dezembro, prazo de vencimento das dívidas”, disse.

O parlamentar disse ainda que é necessário que o Governo Federal não vise apenas os ganhos econômicos, mas que olhe com sensibilidade para os que sofrem com a seca.  “Nossa luta é em defesa dessas pessoas que hoje sofrem com o abuso na cobrança da dívida. Vamos apoiar a Federação nessa questão para conseguirmos a prorrogação e criar um grupo interministerial com o objetivo de, por meio de um diálogo firme e claro, encontrar uma solução”, enfatizou.

De acordo com o Presidente da Federação dos Agricultores da Paraíba, Mário Borba, a mobilização junto aos parlamentares vai continuar. “Hugo sempre esteve nos apoiando, presente em protestos para ajudar os agricultores, e vamos continuar lutando para que a gente consiga a elaboração da medida provisória prorrogando o prazo para pagamento das dívidas. É importante que a gente consiga dialogar para resolver essa problemática de uma vez por todas”, afirmou.

Na Paraíba, segundo dados da Federação dos Agricultores, em média, 500 (quinhentas) propriedades estão indo à leilão, fato que se repete em todo o Nordeste, devido à impossibilidade de pagamento por parte dos pequenos agricultores, por conta da seca.

Paraíba Informa / MaisPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *