Equipe multidisciplinar do Napse promove semana de conscientização sobre o Autismo

napse.jpg

O Dia Mundial da Conscientização do Autismo, ou simplesmente Dia Mundial do Autismo, comemorado na última segunda-feira, 2 de abril, vem recebendo uma atenção especial da Secretaria Municipal de Educação do município, através dos setores de AEE – Atendimento Educacional Especializado e Napse – Núcleo de Assistência Psicossocial Educacional, que tem foco na Educação Inclusiva, orientando famílias e alunos.

A data serve para ajudar a conscientizar a população mundial sobre o Autismo, um transtorno no desenvolvimento do cérebro que afeta cerca de 70 milhões de pessoas em todo o mundo e com este objetivo, a Prefeitura de Monteiro vem realizando uma campanha informativa sobre o respeito às diferenças relacionadas ao autismo vem sendo abordada por uma equipe multidisciplinar do NAPSE e estão sendo realizadas palestras nas escolas bem como a realização de participações nas rádios locais durante toda a semana.

A coordenadora do Napse, Luciara Paiva, esclarece que alguns comportamentos ajudam os familiares a identificar os sintomas do autismo que são: dificuldade na fala, movimentos repetitivos com mãos braços ou todo o corpo, a falta ou dificuldade de contato visual e corporal e o incomodo com alguns sons. “Caso os pais percebam que suas crianças tenham este comportamento podem dirigir-se ao Napse. Lá nossos profissionais, que são especializados, poderão fazer uma triagem e já serem encaminhados para o tratamento com fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais dentre outros que sejam necessários, mas o mais importante é nos procurar”, conta Luciara.

“O Dia Mundial de Conscientização do Autismo tem com o objetivo ajudar a melhorar as condições de vida das crianças que sofrem o problema através da educação e do respeito às diferenças”, conclui a coordenadora.

O que é o Autismo?

O Autismo pertence a um grupo de doenças do desenvolvimento cerebral, conhecido por “Transtornos de Espectro Autista” – TEA.

Os sintomas do autismo são: fobias, agressividade, dificuldades de aprendizagem, dificuldades de relacionamento, por exemplo. No entanto, vale ressaltar que o autismo é único para cada pessoa. Existem vários níveis diferentes de autismo, até mesmo pessoas que apresentam o transtorno, mas sem nenhum tipo de atraso mental.

Napse
Crianças e adolescentes com algum tipo de deficiência ou que estão em diagnóstico recebem apoio nas especialidades de fonoaudiologia, fisioterapia, psicologia, serviço social e psicopedagogia, dentre outros.

Anualmente são promovidos mais de 2.000 atendimentos que em alguns casos começam com a identificação na escola através do professor em sala de aula, o caso é discutido e encaminhado para um serviço de atenção psicológica onde é feita uma triagem e logo atendido pelo NAPSE.

Sendo o primeiro do interior paraibano e referência no Cariri, o NAPSE da cidade de Monteiro tem o objetivo da melhoria da qualidade de vida, de ensino, garantia e permanência de todos os alunos no processo educativo e sua efetiva participação na sociedade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *