Extremo cultural estará de volta em 2017

extremo.jpg

O diretor-adjunto da Fundação Cultural de João Pessoa (Funjope), Jonildo Cavalcanti de Silva Filho, anunciou, na manhã desta quinta-feira (17), que o Festival Extremo Cultural está previsto para acontecer novamente no próximo ano.  O anúncio aconteceu na segunda audiência para debater a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício financeiro de 2017, na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). A Funjope vai dispor de um orçamento de R$ 20.505.000,00 para as atividades do próximo ano.

O Festival Extremo Cultural promove shows gratuitos nos fins de semana durante o mês de janeiro e, para 2017, conta com um investimento de R$ 600 mil. Este ano, não houve a realização do evento. O diretor-adjunto da Funjope destacou a importância do festival para a Capital paraibana.

“Vamos voltar com a realização do Festival Extremo Cultural, programa que promove um grande intercâmbio cultural na cidade. É um evento de grande importância também para impulsionar e desenvolver o turismo da Capital”, salientou Jonildo Cavalcanti.

O gestor destacou ainda os investimentos em outras atividades culturais sazonais, como: a realização da Paixão de Cristo, com recursos de R$ 400 mil; ações de fomento e difusão do carnaval, com capital de R$ 1 milhão; ações de fomento e difusão do São João, nas quais serão investidos R$ 750 mil; a realização da tradicional Festa das Neves, que contará com R$ 300 mil em recursos; e as festas de fim de ano, com o investimento de R$ 700 mil.

Ainda foram destaques investimentos em ações de fomento ao audiovisual; à literatura; à música; à cultura popular; às artes visuais; e às artes cênicas, que juntos somam o montante de R$ 2.035.000,00 em recursos. Os projetos especiais de arte, cultura, identidade e diversidade cultural terão disponíveis R$ 2.650.000,00 de capital. Já o Fundo Municipal de Cultura (FMC) destinará R$ 2.860.000,00 para o programa de incentivo a projetos culturais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *