Galdino não garante clima afável com PMDB na disputa em Campina Grande

adriano-galdino2.jpg

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino (PSB), que oficializou a condição de pré-candidato a prefeito de Campina Grande, garantiu que vai dar bom exemplo e que, mesmo concorrendo, não vai permitir e nem se submeter a participar de debate eleitoral na Casa durante o período das eleições. Ele disse também, que não deixará o comando da Mesa Diretora para se dedicar a candidatura. Os deputados repercutiram, ontem, a necessidade de não permitir que as eleições atrapalhem as ações no Legislativo Estadual.

José Aldemir (PEN), que teve o tempo de fala proibido pelo presidente, na semana passada, no momento em que se pronunciava sobre a Prefeitura de Cajazeiras, ocupou a tribuna ontem para comentar a atitude de Adriano Galdino. Aldemir disse que achou estranha a justificativa de que a tribuna não pode servir de palanque eleitoral para os parlamentares. Ele acredita que qualquer tema debatido na casa deve ser desejado e aplaudido, visto que são discussões que interessam ao povo.

Porém, o presidente discordou do posicionamento do deputado e propôs a todos os parlamentares para que eles focassem nas questões estaduais e municipais que retratem os interesses da população paraibana. Adriano Galdino ressaltou que iria agir com coerência, pois o Legislativo necessita de debates propositivos e não de picuinhas políticas.

O líder da bancada de situação, Hervázio Bezerra (PSB), elogiou a postura do presidente, mas admitiu que proibir o debate e prometer que não vai discutir eleições no plenário será uma tarefa bastante difícil para ser cumprida. Visto que, segundo Hervázio, a bancada de oposição é composta por maioria do PSDB, que inclusive apóia o projeto do atual prefeito Romero Rodrigues, em Campina Grande, e que com certeza aproveitará as oportunidades para discutir a reeleição dele na tribuna.

“O direito de um é igual ao direito do outro. Então, qualquer ação partindo dele tem que ser efetiva”, disse do deputado.

Condução será difícil na Casa

O deputado Tovar Correia (PSDB) também parabenizou Adriano Galdino pela atuação na presidência e disse acreditar na forma como ele deve conduzir o processo eleitoral na Casa. Mas, o parlamentar concorda que a condução não será fácil.

Ele acredita que como haverá redução no tempo de campanha, Adriano Galdino poderá se afastar para trabalhar a sua candidatura nas eleições. Galdino descarta a possibilidade de licença.

Tovar, Bruno Cunha Lima (PSDB), Manoel Ludgério (PSD), Inácio Falcão (PTdoB), Daniella Ribeiro (PP), Renato Gadelha (PSC) são os deputados que têm atividades eleitorais em Campina Grande e que devem se posicionar contra a pré-candidatura de Adriano Galdino.

Paraíba informa / Alexandre Kito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *