Gerente da 3ª região de saúde alerta para epidemia de dengue na Paraíba

dengue2015.jpg
Segundo Tatiana, a população precisa entender que 80% dos focos do mosquito transmissor da doença estão dentro de casa. É necessário que a população colabore com medidas preventivas de combate ao Aedes aegypti.

A médica também destacou a preocupação para os outros tipos de doença transmitidos pelo mesmo mosquito, como o zika vírus e a síndrome de Guillain-Barré, que pode ser desencadeada.

As declarações foram repercutidas na Rádio Correio FM.

Paraíba Informa / pbonline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *