Hospital de Taperoá fecha balanço do primeiro semestre com avaliação positiva

Entre janeiro e junho deste ano, foram realizadas 480 cirurgias diversas e 13.180 atendimentos de urgência e emergência no hospital público estadual

O Hospital Geral de Taperoá fechou seu demonstrativo de procedimentos do primeiro semestre deste ano com números bem relevantes para uma unidade de saúde que ainda não é referenciada em alguma especialidade médica. Atendendo a mais de 25 municípios da microrregião do Cariri paraibano, o hospital realizou 13.180 atendimentos de urgência e emergência neste período, 480 cirurgias, 22 partos, 3.275 internações para observação, 8.679 exames laboratoriais e 825 consultas pré e pós-cirúrgicas.

Segundo a diretora do Hospital Geral de Taperoá, Fátima Toledo, os indicativos demonstram a evolução das ações implantadas pela administração da unidade nos últimos 12 meses que estão em consonância com as diretrizes da rede estadual de saúde. “Levando em consideração que o Hospital não é referenciado como outros no Estado, os números mostram uma demanda espontânea de pacientes de diversos municípios que se dirigiram à unidade durante esse semestre para receber atendimento. Isso nos deixa satisfeitos, porque não só conseguimos atender a todos como também atendemos bem”, disse a diretora da unidade que é administrada, desde junho de 2013, pela OS Instituto Gerir.

Outros números do relatório apontam que durante os seis primeiros meses do ano foram realizados 180 procedimentos ambulatorial, 240 suturas, 154 imobilizações e 16.109 outros pequenos procedimentos, a exemplo de curativos e ainda foram fornecidas 49.539 refeições para pacientes, acompanhantes e funcionários. Os serviços de assistência social e de psicologia, que também constituem importantes componentes de orientação e suporte a pacientes, familiares e acompanhantes, aparecem com 7.643 atendimentos, sendo 4.464 no setor de Serviço Social e 3.179 referentes ao atendimento psicológico. Os dados fazem referência ao período de 1º de janeiro a 30 de junho.

O Hospital de Taperoá atende a demanda da própria cidade, além da dos municípios de Desterro, Livramento, Cacimbas, Teixeira, Assunção, São José do Bonfim, Patos, Maturéia, Parari, Condado, Catingueira, Juazeirinho, Vista Serrana, Salgadinho, São José de Espinharas, Olho D’água, Areia de Baraúnas, Santana de Mangueira, Emas, Tenório, Santa Terezinha, Coremas, Jurú, Santo André e Malta. O hospital realiza cirurgias de herniorrafia umbilical, inguinal, epigástrica, postectomia, colpoperineoplastia, ooforectomia, histerectomia, colecistectomia, laqueadura, vasectomia, hemorroidectomia, miomectomia, laparatomia, fístula perianal, além de exereses de nevus de face, axila, lombar, pescoço, orelha, lipomas, calosidades, cistos, melanomas e verrugosidades.

Uma pesquisa de satisfação com os pacientes, realizada pela direção da unidade, aponta um índice de aprovação e satisfação com o serviço e atendimentos recebidos que pontuou 94%, em janeiro, 98% nos meses de fevereiro, março, abril e maio e 97% em junho. Entre os itens avaliados estão atendimento do médico, da equipe de enfermagem, da recepção, as instalações físicas e equipamentos, limpeza, higiene, refeições, entre outros tópicos.

Com Lázaro Farias / secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *