Justiça dá 10 dias para Energisa relocar postes ‘no meio da rua’ em Cabaceiras

CABACEIRASPOSTE.png

O juiz da comarca de Cabaceiras, Falkandre de Sousa Queiroz, acatou pedido da prefeitura e obrigou a Energisa a relocar no prazo de dez dias os postes da Rua José Osmário de Lima, no Conjunto Novo Horizonte, sem custos para o município.

A polêmica na cidade teve início após a Energisa cobrar o pagamento de uma taxa para retirar os postes do leito da rua. Por conta do impasse, a prefeitura teve que concluir o calçamento da rua mesmo sem a retirada dos postes para não perder os recursos oriundos de um convênio com a Caixa Econômica Federal.

Na sentença, o juiz chamou atenção para a problemática, frisando que situação que vai muito além da boa estética, uma vez que compromete por demais o fluxo de veículo na localidade, colocando em risco os moradores e motoristas.

De acordo com a decisão, caso a Energisa não cumpra o prazo estipulado poderá ser multada em R$ 1 mil por dia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *