Nove famílias da PB se enfrentam na disputa por cargos nestas eleições

Uma parte significativa dos candidatos que vão disputar os cargos majoritários e eletivos nas eleições deste ano possuem sobrenomes já bem conhecidos dos eleitores paraibanos. Os Gadelha, Rêgo, Ribeiro, Morais, Motta, Cunha Lima, Roberto, Maranhão e Paulino são membros de famílias que há décadas atuam na política do estado e em outubro irão disputar, mais uma vez, a preferência da população. Só para citarmos o embate desses políticos para os principais cargos, eles já se lançaram em busca de votos para governador, senador, deputado federal e estadual no próximo pleito.

Candidato ao governo do estado, o senador Vital do Rêgo Filho (PMDB) é membro de uma tradicional família de políticos de Campina Grande. O peemedebista é neto do ex-governador da Paraíba, Pedro Moreno Gondim é irmão do ex-prefeito da Rainha da Borborema, Veneziano Vital do Rêgo (PMDB), que é candidato a deputado federal. O parlamentar ainda é filho do ex-deputado Vital do Rêgo e de Nilda Gondim, atual deputada federal pelo PMDB da Paraíba e candidata a primeira suplente de senador.

O senador e candidato do PSDB ao Palácio da Redenção, Cássio Cunha Lima, também é herdeiro de um grande personagem da política paraibana. Ele é filho do ex-prefeito de Campina Grande, ex-deputado, ex-senador e ex-governador Ronaldo Cunha Lima. Tudo indica que os descendentes de Cunha Lima ainda podem ampliar sua participação na vida pública. O filho do político tucano, Pedro Cunha Lima (PSDB), neto de Ronaldo, é candidato a uma das vagas de deputado federal nas eleições de outubro e o sobrinho dele, Bruno Cunha Lima, candidato a deputado estadual.

Ex-ministro das Cidades, o deputado federal Agnaldo Ribeiro (PP) tenta sua reeleição. Ele é filho do ex-deputado federal e ex-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro, e de Virgínia Veloso, atual prefeita de Pilar (PB). O parlamentar também é irmão da deputada estadual Daniella Ribeiro (PP) que concorre, mais uma vez, ao cargo eletivo.

Disputando vaga no Senado, o ex-governador e ex-senador José Maranhão também tem vários parentes na política. Seus sobrinhos, o deputado federal Benjamim Maranhão (SD) e a deputada estadual Olenka Maranhão (PMDB) tentam a reeleição no pleito deste ano. Maranhão ainda é irmão da prefeita de Araruna, Wilma Maranhão (PMDB).

Deputado federal pelo PDT, Damião Feliciano, também tenta a reeleição em outubro. O pedetista é casado com a médica Lígia Feliciano (PDT), candidata a vice-governadora na chapa encabeçada por Ricardo Coutinho (PSB).

Efraim Morais Filho, deputado federal pelo DEM, também disputará uma nova eleição neste ano. O democrata é filho do ex-deputado federal e ex-senador, Efraim Morais.

Parlamentar federal pelo PMDB, Hugo Motta, tentará se eleger pela segunda vez. O peemedebista é neto da ex-deputada estadual e atual prefeita de Patos, Francisca Motta (PMDB).

Presidente estadual do Partido da República (PR) e deputado federal pela legenda, Wellington Roberto, é outro que vai tentar a reeleição. O parlamentar é pai do deputado estadual e candidato a uma das vagas na Assembleia Legislativa, Caio Roberto.

O deputado federal Wilson Filho (PTB) também vai para sua segunda disputa. O petebista é filho do ex-deputado, ex-senador e candidato a senador na chapa encabeçada por Cássio Cunha Lima, Wilson Santiago (PTB).

Leonardo Gadelha (PSC) também é membro de uma tradicional família de políticos do Sertão paraibano. O ex-parlamentar, concorre, nas eleições deste ano, ao cargo de vice-presidente da República na chapa encabeçada pelo Pastor Everaldo. Gadelha ainda é sobrinho do ex-deputado federal, Marcondes Gadelha, que concorre ao cargo de deputado federal, e primo do atual prefeito de Sousa, André Gadelha.

De Guarabira vem os Paulino. Filho da ex-prefeita Fátima Paulino e do ex-governador e candidato a vice-governador, Roberto Paulino, Raniery Paulino tenta se reeleger para deputado estadual.

Ainda temos Wellington Roberto, que mais uma vez concorre ao cargo de deputado federal. E os Roberto também concorrem ao cargo de deputado estadual com Caio Roberto entrando na disputa pela segunda vez.

Com tantos sobrenomes conhecidos resta agora esperar pelo pleito de outubro para conferir quais serão os membros dessas famílias que irão ser vitoriosos na disputa por cargos públicos.

Jony Melo do Blog do Gordinho

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *