Oposição da alpb não se entende sobre novo líder

123764dd9745ddfe8ee43ed72044a9c4.jpg

A bancada de oposição da Assembleia Legislativa da Paraíba, ao que parece, não consegue se entender sobre quem será o seu novo líder. Uma semana após o retorno dos trabalhos, a decisão do comando da base oposicionista ainda não saiu e deve ficar para a próxima semana, de acordo com o deputado Dinaldo Wanderley (PSDB), que deixou a liderança do ‘bloco da minoria’ na Casa nessa terça-feira. Enquanto a definição não acontece, a bancada permanece sem um comando.

Dinaldinho não admite que esteja ocorrendo um desgaste entre os parlamentares oposicionistas e negou um possível estremecimento. Para ele ninguém está fugindo da responsabilidade de assumir o ‘cargo’. “Não está tendo estremecimento. Apenas queremos escolher democraticamente. Graças a Deus a bancada é tão qualificada que a gente enumera uma pessoa para substituir Dinaldinho a qualquer momento. Eu não sou insubstituível”, disse durante entrevista ao programa Correio Debate, da rádio Correio Sat.

Embora negue que os colegas estejam se esquivando do papel de líder da oposição, ele não quis apontar quem seria o escolhido e elencou toda a oposição como tendo a possibilidade de assumir esse papel.  “Nesse jogo encontra-se com vontade de participar Camila, Bruno, Tovar, Renato e Daniella”, falou Dinaldinho.

O parlamentar justificou, ainda, porque não pretende ocupar a liderança. “Houve um pedido por parte de alguns deputados que eu permanecesse como líder, mas não tem como eu ser porque nós vamos fazer alguns embates nos municípios do Sertão. E seria injusto da minha parte acumular tanto serviço e não prestar um bom trabalho de oposição. A vontade, da minha parte e da parte de Renato (Gadelha) é que a gente entregue a outro deputado para que ele possa participar dessa liderança”, alegou.

Paraíba Informa / Nice Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *