Pelo menos 30 prefeitos da Paraíba devem desistir da disputa pela reeleição

biometriaparaiba.jpg

Pelo menos 30 prefeitos devem abrir mão de disputar a reeleição em 2016 por conta da crise financeira que afeta o país, e por consequência, os municípios.

O presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup), Tota Guedes, disse que 130 gestores paraibanos têm direito a disputar o segundo mandato.

“A dificuldade está tremenda para os municípios, faltam recursos frequentemente e desestimulam os prefeitos a concorrerem porque percebem que não têm perspectiva de reação financeira”, observou.

Hoje (27), o prefeito de Cabaceiras, Luiz Aires, anunciou sua desistência de disputar a reeleição.

“O ser humano é motivado pela esperança, o município vinha atravessando um período difícil, mas na esperança de melhorar na entrada no ano, mas se agravou o que já estava ruim, tivemos uma perda de R$ 26 mil nos primeiros repasses do FPE em relação ao mesmo período do ano passado, sem perspectiva de melhorar”, lamentou.

Além do gestor de Cabaceiras, já desistiram da disputa os prefeitos de Sertãozinho, Caiçara, Solânea, Olivedos, Puxinanã, Areia e Santana dos Garrotes.

Paraíba Informa / cl

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *