PMDB emite nota e diz que partido “entra com tudo” no 2º turno na Paraíba

Logo após a entrevista coletiva realizada no final da manhã desta quarta-feira (08), a executiva estadual do PMDB emitiu uma nota à imprensa afirmando que o partido “entra com tudo” na campanha do 2º turno a fim de eleger a presidente Dilma (PT) e o governador Ricardo Coutinho (PSB) nas eleições suplementares no próximo dia 26.

CONFIRA A NOTA

O Diretório Estadual do PMDB da Paraíba formalizou no fim da manhã de hoje seu apoio ao candidato do PSB ao Governo do Estado, Ricardo Coutinho, que disputa a reeleição. A entrevista coletiva foi concedida na sede da legenda, na avenida Beira Rio, tendo o vice-presidente da República e presidente nacional do partido, Michel Temer, como convidado ilustre. Além do vice de Dilma Rousseff (PT), a coletiva ainda atraiu o deputado estadual Frei Anastácio (PT), ferrenho opositor da gestão socialista, mas que decidiu se incorporar à reeleição de Ricardo, seguindo orientação de seu partido.

A aliança pela reeleição de Ricardo Coutinho foi anunciada pelo presidente do PMDB paraibano e senador eleito, José Maranhão e pelo senador Vital do Rêgo (PMDB), que disputou o governo com o socialista no primeiro turno.

José Maranhão (PMDB) foi o primeiro a falar. O senador explicou a escolha do PMDB de apoiar a reeleição de Ricardo Coutinho. Segundo o ex-governador essa é a melhor decisão. Ainda segundo Maranhão, o partido foi escutado. O senador definiu a decisão como gratidão, referindo-se ao apoio de Ricardo a reeleição de Dilma Rousseff (PT), contrariando decisão nacional do partido.

Ainda segundo Maranhão, “as lideranças do PMDB estão unidas para encontrar um denominador comum que possam nortear os destinos do partido e o melhor para o Estado é a reeleição de Ricardo”.

CONVERGÊNCIA DE INTERESSES

“O governador desde logo decidiu apoiar nossa chapa no plano nacional e decidimos retribuir. Programaticamente, há ainda uma convergência de interesses entre o plano de governo de Ricardo e o do senador Vital do Rêgo”, declarou Michel Temer.

Já o governador Ricardo Coutinho declarou que a composição tem abrangência maior que as eleições: “Essa não é uma aliança eleitoral, mas programática porque vou incorporar vários pontos do plano de gestão apresentado pelo candidato Vital Filho. É uma aliança de governabilidade e de desenvolvimento contra o atraso. Muitos outros apoios estão vindo porque todos sabem que o pior para a Paraíba seria o retorno de uma prática política que só pensa no poder pelo poder, que é o que o meu adversário representa”, argumentou Ricardo.

Participaram da entrevista coletiva à imprensa, além do vice-presidente da República, Michel Temer; do presidente estadual do PMDB, José Maranhão; do governador Ricardo Coutinho; do senador Vital do Rêgo Filho; do presidente nacional da Fundação Ulysses Guimarães, deputado Eliseu Padilha; do deputado federal eleito, Veneziano Vital do Rêgo; a deputada federal Nilda Gondim (PMDB), a prefeita de Patos, Francisca Mota (PMDB); o tesoureiro do PMDB, Antonio Souza; o presidente estadual do PSB, Edvaldo Rosas; o ex-senador e coordenador político da campanha de Ricardo Coutinho, Efraim Morais; a deputada eleita Estela Bezerra (PSB), além de outras lideranças partidárias.

Hoje à noite, a partir das 18 horas, a presidente Dilma Rousseff (PT) estará em João Pessoa para receber o apoio de Ricardo Coutinho (PSB) à sua campanha no segundo turno.

com Ascom

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *