População de Cabaceiras comemora chegada das águas do rio Taperoá

aguachegando.jpg

A manhã desta quinta-feira(5) foi de muita expectativa para os moradores da cidade de Cabaceiras, localizada no Cariri paraibano. Após a notícia de que às 8h a água da chuva voltava a escorrer pelo curso do Rio Taperoá na altura do distrito de Ribeira, dezenas de pessoas foram até a ponte que dá acesso ao município para testemunhar a invasão da água que tem como destino o açude de Boqueirão. E a espera não foi em vão. Após três meses de estiagem, às 12h30 a água voltou a preencher as margens do rio renovando a esperança de quem convive com a estiagem.

Até o início do espetáculo das águas, a ansiedade era grande entre as pessoas que passaram toda a manhã aguardando o início do preenchimento do rio. O aposentado Ezequiel Silveira, 64 anos, foi um dos primeiros que chegou ao local. Informado de que a água já tinha passado pelo distrito de Ribeira e pelas áreas rurais de Poço Cumprido e Trincheira, ele afirmou que como não assistiu a chegada da água no mês de novembro do ano passado, última vez que o rio foi preenchido, não queria perder essa oportunidade.

“Eu cheguei logo cedo, antes de 9h. Em novembro, ninguém esperava que fosse chover para o rio receber água. Por conta que a chuva foi pouca, logo secou e desde então estamos na esperança de receber mais água. Eu já vi quando a água chega aqui em Cabeceiras, e é um espetáculo muito bonito. Você vê de longe a água vindo, carregando tudo, passando com força. A água quando passa por debaixo dessa ponte renova a esperando de todo nós, porque (o açude) Boqueirão está cada vez com o nível mais baixo”, disse o aposentado.

E após longa espera, eis que a água chegou para encher os olhos de quem a esperava ver passando sobre a ponte, e também dos animais que criados à margem ribeirinha há meses não podiam bebê­ la diretamente do rio. Para Margarete Farias, que testemunhou o enchimento do rio pela primeira vez, não havia alegria maior do que presenciar aquele momento. Segundo ela, que também trouxe a neta para assistir a passagem da água pela cidade, esse momento ficará guardado para sempre em sua memória.

“É a primeira vez que eu venho ver a água tomando conta dessa terra. É uma alegria muito grande ver isso. Testemunhar a cheia do Rio Taperoá é muito importante para nós que moramos em Cabaceiras, porque aqui essa água é vital para quase todo mundo. Muita gente a usa para irrigar sua plantação, dar de beber para o gado, e ver o rio cheio assim dá muita esperança de que daqui pra frente vamos ter mais água e o volume de Boqueirão vai aumentar”, disse.

As chuvas que ocorreram ao longo dessa semana nas regiões do Cariri e do Sertão, e que possibilitaram o aumento do nível dos rios Taperoá e Paraíba, foram apontadas pelo presidente da Aesa, João Fernandes, como momentos importantes pela longa estiagem que o estado vem passando. Apesar disso, ele apontou que para as águas chegarem aos reservatórios e elevarem o nível dos principais açudes do Estado, ainda levará um certo tempo.

JP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *