Prefeitura de juazeirinho aciona justiça contra câmara municipal

Prefeitura-de-Juazeirinho-PB.jpg

A informação foi confirmada pelo advogado e Chefe do Gabinete da prefeitura, Adílson Cardoso.

Ele explicou que desde dezembro o prefeito Jonilton Fernandes, tenta sem qualquer sucesso, convencer o presidente da Câmara Municipal a colocar o Projeto de Lei 004/2016, na pauta dos trabalhos da Casa Legislativa.

“Esse é o PL que trata sobre a estrutura administrativa da cidade, por conta disso, diversos serviços estão sem coordenação e com risco de paralisação” disse o advogado.

Adílson explicou ainda, que o acolhimento do projeto teria que acontecer nessa quinta (31), visto que seria o dia da sessão plenária, mas a mesa diretora comunicou que não haveria expediente dos vereadores.

Inconformado com a demora imposta pelo presidente do parlamento, vereador Admilson de Pituta, o prefeito resolveu fazer uso da Lei Orgânica Municipal e expediu uma convocação de sessão extraordinária para a sexta feira (01), com o objetivo de votar o projeto.

Segundo o advogado, teve início outra manobra, a câmara se recusou a receber a comunicação do prefeito, que por sua vez, tentou enviar pelos correios com Aviso de Recebimento.

Doutor Adílson revelou que o presidente da Câmara reagiu mandando fechar o prédio do parlamento, para o carteiro não entregar a correspondência.

“Mediante os fatos ridículos promovidos pelo vereador Admilson de Pituta, vamos acionar a justiça”. Finalizou o chefe do gabinete.

As informações foram repercutidas no programa de rádio Cidade em Debate na rádio local.

Paraíba informa / Lázaro Farias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *