Presidente da CAGEPA confirma racionamento para dezembro em cidades abastecidas pelo açude de Boqueirão

O presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, afirmou que a cidade de Campina Grande não tem sofrido, até o momento, colapso no abastecimento de água se comparado com cidades vizinhas. Ele afirmou ainda que o governo do Estado tem investido em obras na área de abastecimento.

Apesar da previsão de racionamento de água na cidade, que deve acontecer em dezembro próximo, Deusdete afirmou que a questão não é por falta de gestão dos recursos hídricos, mas sobretudo por conta da pior seca nos últimos 50 anos na região nordeste.

– A Cagepa tem conseguido reduzir um pouco esse consumo de água desordenado e quando o manancial chegar com sua capacidade de 100 milhões de metros cúbicos, a partir de então é interessante reduzir a vazão e começar o racionamento. Isto deve acontecer em dezembro – explicou o presidente.

Queiroga disse ainda que o órgão tem trabalhado para que a distribuição de água atinja todos os bairros de Campina Grande, de forma satisfatória, durante o período de racionamento.

Com Paraibaonline

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *