Professores efetivos do Estado podem ganhar 14º e 15º salários

Os professores efetivos do Estado da Paraíba poderão se inscrever a partir da próxima segunda-feira, até o dia 31 desse mês, para participar do Prêmio Mestres da Educação. A iniciativa, que consiste em valorizar as práticas pedagógicas desenvolvidas na Educação Básica, poderá render aos selecionados o pagamento do 14° e até o 15° salário aos professores, como prêmios pelo sucesso no enfrentamento dos desafios no processo de ensino e aprendizagem.

Segundo a Secretaria de Educação do Estado, os interessados em participar do concurso deverão realizar sua inscrição na página oficial do governo na Internet, e atender ao calendário de fases que o prêmio oferece. Entre os dias 14 e 28 de outubro os participantes deverão enviar os documentos comprobatórios de autoavaliação, enquanto que no dia 10 de dezembro será feita a divulgação dos professores selecionados pelo prêmio.

Para a secretária de Educação Márcia Figueiredo, valerão como documentos comprobatórios e de autoavaliação os projetos desenvolvidos pelo professor ao longo de 2013, cujas temáticas tenham contribuído para redução de evasão escolar e melhoria do rendimento dos estudantes. Ela ainda destacou que a proposta inscrita que for desenvolvida em consonância com o Projeto Político Pedagógico da escola também irá atender aos requisitos do prêmio e que poderão ganhar pontuação o processo seletivo.

“Serão selecionados todos os professores da rede pública estadual de Educação Básica que atendam ao mínimo de 60% dos critérios estabelecidos. Esse prêmio contemplará com o valor correspondente a uma remuneração mensal. Daí o pagamento será correspondente ao professor candidato que se enquadrará no seu nível. Por isso é preciso que haja uma atenção na inscrição para que o docente saiba se está concorrendo para receber apenas o 14° salário ou também o 15°”, destacou a secretária a partir da publicação de ontem no Diário Oficial do Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *