Professores paralisam atividades na PB e mais de 340 mil estudantes ficam sem aula

Os professores da rede estadual de ensino paralisaram as atividades nesta quinta-feira (14) e 343 mil alunos estão sem aulas na Paraíba. De acordo com o integrantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Paraíba (Sintep), a categoria vai realizar uma assembleia da 1ª zona regional na hoje na sede do Sintep. Já na sexta-feira (15), uma assembleia geral será feita com todas as regionais de ensino.

O Sintep diz que os Planos de Cargo, Carreira e Remuneração foram desrespeitados, já que no dia 27 de janeiro, foram publicadas tabelas salariais diferenciadas para os servidores que estão em sala de aula ou que estão afastados das atividades docentes por diversas razões.

A Secretaria de Educação Estadual (SEE) informou que reconhece o direito de paralisação dos professores, mas afirmou não existir extinção das gratificações Especial à Docência e a Especial de Apoio a Docência, como dito pelo Sintep. Essas gratificações foram incorporadas ao vencimento dos profissionais do Magistério e não há perda salarial, nem para os profissionais da ativa nem para os inativos, segundo a Secretaria.

A SEE lembrou que os 343 mil alunos da rede estadual de ensino, que não terão aula durante a paralisação, não serão prejudicados porque as aulas serão repostas, de acordo com o calendário determinado pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), que prevê 200 dias letivos e 800 horas de aula.

Com G1PB

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *