Proibido de visitar Lula, Luiz Couto diz que juíza desrespeita Câmara

luizcouto.jpg

Mesmo impedido pela Justiça Federal de visitar o ex-presidente Lula, preso na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, o deputado e presidente da Comissão de Direitos Humanos na Câmara Federal, Luiz Couto, viajou até a capital do Paraná nesta terça-feira (08) e fez duras críticas à Justiça.

Acompanhado pela deputada Maria do Rosário (PT), o parlamentar paraibano criticou a decisão da juíza Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara da Justiça Federal, em proibir a visita da Comissão ao petista.

“Se o Judiciário não respeita o Parlamento, como o Parlamento vai respeitar o judiciário? Nós viemos visitar Lula e infelizmente a juíza impediu que isso acontecesse. Consideramos um desrespeito ao Parlamento. A Comissão de Direitos Humanos tem a presunção de visitar presos. Nós vamos pedir ao presidente [Rodrigo Maia] que entre na Justiça contra esse ato ditatorial”, disse.

Na decisão, a juíza alega que a Comissão não teria fundamentado adequadamente o pedido de vista a Lula, por não apontar as violações de direitos humanos a que ele estaria submetido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *