Racionamento economiza 18% do consumo de água no Boqueirão

boqueirao08012015.jpg

Mais de 18,5% do consumo regular de água foi economizado desde o início do racionamento do açude Epitácio Pessoa, em Boqueirão, de acordo com a Companhia de Água e Esgotos do Estado da Paraíba (Cagepa). A ação atinge o abastecimento de Campina Grande e mais 18 municípios no Agreste paraibano.

Os dados correspondem aos 25 primeiros dias de racionamento, iniciado no dia 6 de dezembro de 2014. O abastecimento realizado pelo reservatório de Boqueirão é interrompido em todos os fins de semana, das 17h do sábado às 5h da segunda-feira.

De acordo com dados da Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), o açude estava com 24% do seu volume máximo na data anterior à adoção do racionamento, no dia 5 de dezembro de 2014. Nesta quarta-feira (7), conforme a estatística da agência, o manancial está com 22,7% de sua capacidade.

Segundo a gerência regional da Cagepa, a expectativa é que o balanço de 30 dias de racionamento atinja 20% de economia de água. “Em 25 dias, fizemos uma economia de 18,57%. Então extrapolando esse valor para os 30 dias, acreditamos que chegaríamos a uma economia pouco acima de 20%. Em volume, significa que com a adoção do racionamento já deixamos de retirar 511 mil metros cúbicos de água de Boqueirão”, explica o gerente Simão Almeida.

Durante este período de racionamento, a Cagepa informou que vai aproveitar para fazer reparos na estrutura de abastecimento da região. “Estamos aproveitando para [fazer] serviços de manutenção preventiva nas estações elevatórias”, disse o gerente.

De acordo com Simão Almeida, a população terá que compreender que em alguns bairros mais afastados do Centro de Campina Grande e cidades circunvizinhas da região metropolitana o reabastecimento, após a interrupção durante o fim de semana, demora um pouco mais para a regularização.

Com TV Paraíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *