RAIO-X DA MORTE: Cresce número de cidades paraibanas que registram homicídios

aa-arma.jpg

A Paraíba registrou uma redução no índice de homicídios de 0,72% na comparação entre 2014 e 2015. Porém, a violência se espalhou por mais municípios. Em algumas cidades, o número de mortes cresceu – só em Pitimbu, a quantidade quase dobrou. Mesmo assim, a Secretaria de Estado da Segurança e Defesa Social (Seds) garante que a redução é real, fruto de um trabalho incansável contra o crime. Já um especialista em segurança diz que é preciso uma repressão uniforme e melhor distribuição dos policiais.

Na maioria das vezes, de acordo com Deusimar Guedes, especialista em segurança e presidente da Comissão de Políticas de Segurança e Drogas da OAB/PB, o criminoso muda de lugar, migra para outras cidades. “Para haver uma repressão eficiente, deveria haver uma repressão uniforme. Do contrário, os criminosos vão migrando. Há uma interiorização, mas depois eles retornam para a Capital”, analisou.

Os números divulgados pelo estado, na opinião de Deusimar, não são confiáveis, porque não há uniformidade. “Muitas vezes, o poder público, até por questões políticas e para minimizar os efeitos, termina usando um método diferente que termina camuflando a realidade”, disse.

Paraíba Informa / Lucilene Meireles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *