RC sobre contas do Governo na ALPB: “Se alguém for contrário é por conta do rescaldo de uma campanha derrotada”

ricardo17122014.jpg

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), que será diplomado para o seu segundo mandato a frente da gestão estadual, na próxima quarta-feira (17), se mostrou tranqüilo quanto à apreciação das contas do Governo na Assembleia Legislativa da Paraíba, que está marcada para a mesma data. Ricardo disse que aguarda a aprovação das contas referentes aos anos de 2011 e 2012 com naturalidade e avisou que não nutria nenhuma expectativa com relação a essa apreciação das contas.

“Sinceramente não tenho nenhuma expectativa, só que as contas sejam aprovadas, até porque o Tribunal de Contas já aprovou e nós não temos nenhum problema nas contas, em 2011 a Corte aprovou as contas por 6 votos contra 1, e em 2012 a unanimidade, ou seja, os sete conselheiros aprovaram as contas do Governo”, falou.

Ainda de acordo com o governador a Paraíba não iria aceitar outro resultado, pois configuraria os “rescaldos de uma campanha derrotada, perdida”.

“Esse é um governo, que eu posso dizer, que cumpriu metas, cumpriu índices e para falar a verdade, eu nem lembrava que seria quarta ou terça feira essa apreciação, a Paraíba não aceitaria outra postura, porque se alguém fosse com uma postura contraria a essa natural aprovação seria mais em função de outros interesses, ou do rescaldo de uma campanha perdida, derrotada”, disparou.

Sobre o parecer do deputado estadual Caio Roberto (PR), reator da matéria na Comissão de Orçamento do parlamento, que aponta para uma reprovação, mais uma vez o governador ignorou. “Eu não me preocupo em absoluto com isso”, finalizou.

Na semana passada o presidente da Comissão de Orçamento na Casa, Raniery Paulio (PMDB), afirmou que o processo seria iniciado já nesta semana.

“Nós iniciaremos o processo de apreciação, mesmo sendo a nossa prioridade, de fato, a LOA 2015, mas que está suspensa em virtude de uma decisão judicial. A Comissão do orçamento poderá perfeitamente colocar em pauta e fazer as devidas discussões sobre as contas do Governo”.

Raniery afirmou também que ainda será agendada a apresentação dos trabalhos deste ano do Secretário de Saúde do Estado, Waldson de Souza.

Já a análise das contas de 2011 do Governo do Estado ainda deve ter audiência marcada na próxima sessão da comissão com o pronunciamento do deputado Frei Anastácio (PT), relator do caso.

pb agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *