Regina Duarte visita Bolsonaro no Rio

Regina-Duarte-2.jpg

A atriz  Regina Duarte visitou nesta sexta-feira (12) Jair Bolsonaro, em sua casa na Barra da Tijuca, no Rio. A foto do encontro foi publicada pelo candidato à Presidência do PSL nas redes sociais.

Ela já tinha manifestado apoio a ele e postou nas redes sociais uma imagem de um palhaço e a frase: “As ‘Ele Não’ não revelam qual é o ‘Ele Sim’ delas.” A atriz, publicamente contrária ao Partido dos Trabalhadores (PT), também tem feito críticas a Fernando Haddad, que disputa com Bolsonaro o segundo turno das eleições presidenciais.

Patrícia Pillar respondeu a uma publicação feita por Regina Duarte, no Instagram, na quinta-feira (11), em que a veterana compara os valores do salário mínimo com aquilo que ela classifica como “Bolsa Presidiário”.

“Salário mínimo é igual a R$ 954; ‘Bolsa Presidiário’ é igual a R$ 1.319,18. Tem certeza que o PT sabe governar?”, questionou Regina.

Patrícia Pillar comentou o post. “Com toda a admiração e respeito que tenho por você, Regina Duarte, faço a minha ponderação: de antemão, te digo que nunca fui petista, e que a minha preocupação é com o Brasil”, inicia a ex-mulher de Ciro Gomes.

“Administrar um país tão complexo como o nosso não é fácil e muitos erros foram cometidos. Mas você acha que a solução neste momento é votar em um candidato que nunca administrou uma rua sequer? Que se apresenta como o ‘salvador da Pátria’, mas não tem o menor conhecimento sobre economia, saúde e educação? A apologia à violência que ele prega nos trará ainda mais violência. Violência esta que já pode ser sentida hoje em nossas ruas. Falo aqui principalmente das minorias, pretos, pobres, LGBTIs, índios etc. Um governo ruim que pode ser trocado em 4 anos, mas a destruição do nosso tecido social poderá levar décadas. Pense nisso com carinho”, concluiu.

“Medo do Lula”

Em 2002, ela fez um vídeo em apoio ao então candidato José Serra (PSDB), no qual dizia que ter “medo” de uma possível vitória do de Lula por ele representar um “risco para a estabilidade do país”.

Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *