Ricardo reage a adesão de Mineral: “podem ir quantos quiserem, o juiz será o povo”

Para o governador não interessa se a base na Assembleia Legislativa fique com oito, 12 ou 36 deputados…

Durante o ultimo final de semana o governador candidato a reeleição perdeu mais um dos seus aliados, o deputado do PSDB Antônio Mineral que também tenta reeleição.

Na segunda feira dia primeiro de setembro Ricardo Coutinho comentou o assunto dizendo que para ele não interessa quem fica ou quem sai de sua base entre os deputados “Podem ir quantos quiserem, que eu vou simplesmente, como eu tenho feito, dizer que o grande juiz disso será o povo no dia 5 de outubro” Disse.

Ricardo Vieira Coutinho em outra parte ainda deixou claro que os deputados paraibanos querem estabelecer um balcão de negócios “Toda a Paraíba sabe que se eu quisesse, hoje, eu mandava fazer uma fila e teria maioria dentro da Assembleia, mas com métodos que não seriam republicanos. Não seriam métodos da minha história, da minha vida e da minha consciência”, disse.

O governador afirmou que o mais importante é o que está sendo feito em toda a Paraíba “O que interessa é o que eu estou fazendo pela Paraíba, moralizando a política e acreditando na necessidade da política ser o grande instrumento de transformação da sociedade. Você não pode ter a política para acomodar grupos políticos ou interesses pessoais”, Concluiu.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *