Suplentes podem virar titulares definitivos na alpb e cf

Fachada-Assembleia-PB_020415RafaelPassos-09.jpg

As eleições municipais deste ano podem modificar significativamente a composição da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Dependendo do resultado em alguns municípios estratégicos, até sete suplentes podem conseguir assumir o mandato definitivamente, observando que mais de um parlamentar pode ser candidato em uma mesma cidade. É que hoje, pelo menos, 10 nomes são cogitados para disputas pelo cargo de prefeito.

Os deputados que podem disputar as eleições de outubro são: O presidente da Casa, Adriano Galdino (PSB), em Campina Grande, juntamente com os deputados, Inácio Falcão (PT do B) e Danilla Ribeiro (PP). Os deputados Dinaldinho Wanderley (PSDB) e Nabor Wanderley (PMDB) devem brigar pela Prefeitura de Patos.

Na grande João Pessoa, o deputado Ricardo Barbosa é cotado para disputar a Prefeitura de Cabedelo pelo PSB e o deputado Zé Paulo (Pc do B) na disputa pela Prefeitura de Santa Rita. Em Cajazeiras, Zé Aldemir (PEN) deve concorrer em novembro e em Alhandra a população lembra o nome de Branco Mendes para administrar o município. Outro que pode entrar na disputa em Sousa é o deputado licenciado, Lindolfo Pires (DEM).

Novas composições

Caso sejam eleitos os deputados Dinaldinho Wanderley, em Patos; Daniella Ribeiro, em Campina Grande; José Aldemir, em Cajazeiras; e Branco Mendes, em Alhandra, os suplentes beneficiados com os mandatos seriam: pela ordem o suplente Antônio Mineral (PSDB), seguido por Jullys Roberto (PEN), Eliza Virgínia (PSDB) e Aníbal Marcolino (PEN). Os partidos desses suplentes estavam unidos na Coligação “A Vontade do Povo II” nas eleições de 2014.

Com base na Coligação “A Força do Trabalho II”, caso sejam eleitos os deputados Adriano Galdino, em Campina Grande; Lindolfo Pires, em Sousa; e Ricardo Barbosa, em Cabedelo, os beneficiados com o mandato permanente seriam Hervázio Bezerra (PSB), Arthur Cunha Lima Filho (PRTB) e o vereador de João Pessoa, Raoni Mendes (PTB).

Ainda em Campina Grande, se o vencedor das eleições deste ano fosse o deputado Inácio Falcão, quem seria beneficiado com uma das 36 cadeiras na Assembleia Legislativa seria o suplente Emano Santos (PTN), que já chegou a assumir o mandato com a licença de Genival Matias.

Pela Coligação “Renovação de Verdade”, se o deputado Nabor Wanderley vencesse as eleições em Patos, a suplente Olenka Maranhão (PMDB) ganharia o mandato por ser a primeira na lista da suplência do partido. Olenka assumiu o mandato com a licença do deputado Trócolli Júnior que é, atualmente, o secretário estadual de Articulação Política.

Em santa Rita, com uma possível vitória do deputado Zé Paulo para prefeito, o suplente Charles Camaraense (PSL) ganharia o mandato. Mas também existe a possibilidade de Camaraense disputar uma prefeitura. Caso seja eleito, o Cabo Sérgio Rafael (Pc do B) chegaria para assumir uma cadeira no parlamento estadual.

Mudança também na Câmara dos Deputados

Uma nova composição de bancada também pode acontecer na Câmara dos Deputados com a possibilidade de eleição de um dos pré-candidatos a prefeito de João Pessoa, Wilson Filho (PTB) e Manoel Junior (PMDB).

Caso o deputado Wilson Filho chegue a Prefeitura da Capital, o suplente Marcondes Gadelha (PSC) chegaria definitivamente na Câmara. Hoje Gadelha está na titularidade do mandato por meio de uma licença tirada pelo deputado Pedro Cunha Lima (PSDB). Os três fizeram parte da Coligação “A Vontade do Povo I” nas últimas eleições.

Se o vencedor do pleito na Capital for o deputado Manoel Junior, o suplente beneficiado com o mandato permanente seria André Amaral, também do PMDB.

A composição da bancada paraibana poderia sofrer ainda uma modificação se o deputado Luiz Couto (PT) tivesse aceitado disputar a Prefeitura de João Pessoa. Se o petista fosse eleito, o beneficiado com o mandato seria o suplente Edvaldo Rosas, presidente do PSB na Paraíba e aliado de primeira hora do governador Ricardo Coutinho.

Paraíba Informa / André Gomes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *