Atraso no pagamento dos médicos mantém atendimento no Hospital de Taperoá prejudicado

hospital_taperoa_filas.jpg

Em Taperoá, no Cariri do Estado, a situação é de caos na saúde pública desde que os médicos cruzaram os braços por estarem com quase três meses de salários em atraso. Desde então, somente o que eles entendem como urgências é que são atendidas.

O diretor do portal local “Taperoa.com”, Gomes, flagrou através de imagem na unidade de saúde um senhor de idade passando mais de duas horas na fila para trocar uma sonda.

A direção da instituição alega que não gerencia recursos. O Instituto Gerir, contratado pelo Governo do Estado para administrar o hospital, afirma que não recebeu recursos do Governo do Estado da Paraíba para cumprir as obrigações.

O Hospital Geral de Taperoá serve para atender cerca de 10 cidades no entorno e ao todo, cerca de 70 mil pessoas estão prejudicadas com o atraso no repasse, causando um incalculável prejuízo à população.

Paraíba Informa / Taperoa.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *