Justiça cassa mandato de prefeito de Barra de São Miguel e manda presidente da Câmara assumir imediatamente

joao_batista_novo_2-768x526.jpg

O juiz Falkandre de Sousa Queiroz, da 21ª Zona Eleitoral, cassou, nesta segunda-feira (18), os mandatos do prefeito de Barra de São Miguel, João Batista, e do seu vice, Fábio José Maia.

O magistrado explicou que determinou que o presidente da Câmara Municipal assuma o comando da Prefeitura imediatamente.

João Batista foi condenado por abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágios nas eleições de 2016, em ação proposta pela coligação “A Força do Povo”.

A decisão ainda torna os dois políticos inelegíveis por oito anos e determina a realização de novas eleições em 40 dias.

O juiz ainda aplicou multa de R$ 10 mil para o prefeito e o vice. Ainda cabe recurso da decisão do juiz de 1ª instância.

O prefeito João Batista (PSB), falou que está aguardando ser notificado oficialmente pela Justiça Eleitoral para recorrer do caso. “Amanhã seguirei para João Pessoa para me reunir com os meus advogados”, disse João.

 

Com MaisPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *